CONTAGEM REGRESSIVA - ÁREAS COMPOSTAS

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Uma aluna da turma 202 me perguntou como era o funcionamento do Sol? Nesse texto tem uma breve explicação e mais detalhes no site http://ciencia.hsw.uol.com.br/sol.htm.

O Sol é uma estrela, como todas as outras que vemos no céu à noite. A diferença é a distância. As outras estão a anos-luz de distância, ao passo que o Sol está apenas a 8 minutos-luz de distância (milhares de vezes mais próximo).

Oficialmente, o Sol é classificado como uma estrela do tipo G2 com base na sua temperatura e nos comprimentos de onda ou espectro de luz que emite. Ele é uma estrela "média", é apenas uma entre bilhões que orbitam o centro da nossa galáxia.

O Sol está "queimando" há mais de 4,5 bilhões de anos, e deve continuar por mais alguns bilhões. É composto de uma grande quantidade de gás, principalmente hidrogênio e hélio. Por ser tão grande, sua gravidade é imensa, o suficiente para a força gravitacional segurar todo aquele hidrogênio e hélio (e para manter todos os planetas nas órbitas à sua volta).

O Sol não "queima" como um pedaço de madeira queimaria. Na verdade, ele é um reator gigante. Mais detalhes no link abaixo:

Fonte: http://ciencia.hsw.uol.com.br/sol.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seu comentário, sua opinião é muito importante!